Congresso na UAlg marca início da estratégia de internacionalização da SEA-EU

A UAlg acolhe, no dia 12 de janeiro, no Grande Auditório Caixa Geral de Depósitos, no Campus de Gambelas, um congresso internacional que marcará o início da estratégia extraterritorial da Universidade Europeia dos Mares (SEA-EU), que pretende transformar o consórcio europeu numa parceria global, salientando a sua importância para o planeta azul e para um futuro mais sustentável.
Share
 

Para alcançar este objetivo, será assinada uma Declaração Global (Global Gateway Declaration) pelos representantes das universidades da Aliança SEA-EU, bem como pelos seus parceiros estratégicos, académicos e não académicos. Esta declaração traduz-se num compromisso conjunto para enfrentar os desafios globais que contribuam para a sustentabilidade, tais como a migração, o equilíbrio entre os géneros e a ciência aberta, centrando-se, simultaneamente, na neutralidade climática, na transição para energias limpas, na indústria, agricultura e mobilidade sustentáveis. Além disso, como resultado do Congresso SEA-UE, os parceiros externos ficarão mais bem preparados para dar prioridade à proteção da biodiversidade, especialmente marinha, ao potencial da economia do mar para a produção sustentável de alimentos e ao bem-estar dos cidadãos nas zonas costeiras.

Neste evento serão apresentadas as principais conclusões da SEA-EU 1.0 e serão revelados os planos para a SEA-EU-2.0. Serão também evidenciados os resultados do Fórum de Futuros Líderes, que decorreu em Nápoles, em outubro de 2023, com especial incidência na perspetiva da Geração Z.

Esta iniciativa de impacto internacional reunirá na UAlg reitores, vice-reitores e os principais representantes das restantes universidades da Aliança e das suas universidades parceiras, bem como parceiros externos associados, provenientes da Europa e de várias partes do mundo.

A sessão de encerramento, marcada para as 18h30, será presidida pela ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato.

Para celebrar a Universidade Europeia dos Mares, às 20h30, no Grande Auditório Caixa Geral de Depósitos, realiza-se o “Concerto Orquestral dos Mares” pela Orquestra do Algarve. Tomando o tom da obra de Debussy que abre este programa, "En Bateau", em português “Num barco”, este concerto leva a Orquestra a percorrer as suaves e doces ondas do oceano, inspirado por uma brisa que lhe enche as velas. Está dado o mote para um concerto repleto de beleza e que traz ao Algarve o maestro Pablo Urbina para um regresso à Orquestra do Algarve onde já provou o seu valor artístico. Este concerto, de entrada livre, mas sujeita à lotação da sala, transcende a experiência musical tradicional, tornando-se uma celebração da sinergia entre a arte, a ciência e a beleza natural, unindo o ambiente académico à magia da música clássica.

Mais informação aqui: https://sea-eu.org/sea-eu-congress/

 

Relacionadas