Perguntas Frequentes

LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELETRICA E ELETRÓNICA

Quais as condições de acesso à Licenciatura em Engenharia Elétrica e Eletrónica (EEE)?

As condições de acesso à Licenciatura em Engenharia Elétrica e Eletrónica (EEE) são:

1- Se nunca frequentou o Ensino Superior:

a) deverá ter o 12º ano completo, ou equivalente, e realizar as seguintes provas especificas: (16) Matemática e (07) Física e Química. A inscrição para estas provas e a sua realização é feita numa Escola Secundária. A nota de candidatura é: a Nota Mínima nas provas de ingresso é de 95 pontos; a Nota Mínima de candidatura é de 95 pontos; a Nota de Candidatura é calculada pela fórmula 0,35 x [média das provas de ingresso] + 0,65 x [Classificação final do ensino secundário]. Mais informações podem ser encontradas na página da Direção Geral do Ensino Superior, relativas ao Acesso ao Ensino Superior: http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Estudantes/Acesso

b) Através de realização de provas de Avaliação pelos Maiores de 23 anos. Mais informações sobre este processo podem ser encontradas na página da Universidade do Algarve: http://www.ualg.pt/pt/content/maiores-23

2- Se já frequentou o ensino superior

a) Titulares de cursos médios e superiores (exemplo, CET – Curso de Especialização Tecnológica). Mais informações sobre este processo podem ser encontradas na página da Universidade do Algarve: http://www.ualg.pt/pt/content/titulares-cursos-superiores-medios-ou-diploma-especializacao-tecnologica

b) Reingresso, mudança e transferência de curso. Mais informações sobre este processo podem ser encontradas na página da Universidade do Algarve: http://www.ualg.pt/pt/content/reingresso-mudanca-transferencia-curso

Para mais esclarecimentos poderá telefonar para o 289800100 e solicite para falar com serviços académicos, ou poderá enviar um email para acad@ualg.pt.

Em resumo podem candidatar-se à Licenciatura em Engenharia Elétrica e Eletrónica através de:

Acesso via 12º ANO (ou equivalente)

Provas específicas

As condições de acesso requerem a realização de uma das provas específicas

(07) “Física e Química” e (16) “Matemática”

Nota de candidatura

Nota Mínima nas provas de ingresso: 95
Nota Mínima de candidatura: 95
Nota de Candidatura: 0,35 x [média das provas de ingresso] + 0,65 X [Classificação final do ensino secundário]

Para mais informações, consulte o site da Direcção Geral do Ensino Superior.

Acesso a Maiores de 23

Acesso para “Maiores de 23” através de realização das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos (mais informações: na UAlg e no MCTES).

Acesso a titulares de cursos médios ou Superiores

A candidatura à Licenciatura em Engenharia Eléctrica e Electrónica pode ser feita a também por alunos que já frequentaram o ensino superior e são detentores de cursos médios ou superiores, onde se incluem os Cursos de Especialização Tecnológica (CET).

Detentores de CET

Vagas para alunos que terminam os Curso de Especialização Tecnológica (CET) do DEE ou outro.

Acesso por reingresso, mudança e transferência de curso

O acesso por estas vias tem datas de candidatura e vagas definidas anualmente. Para mais informações deve consultar o sítio dos serviços académicos da Universidade do Algarve.

Prosseguimento de estudos

Os alunos que terminam a Licenciatura em Engenharia Eléctrica e Electrónica têm o acesso garantido ao Mestrado em Engenharia Eléctrica e Electrónica do DEE.

Mobilidade

Desde há muito tempo que alunos do DEE têm frequentado programas de mobilidade. Também alunos de instituições de ensino superior de outros países têm frequentado os nossos cursos de Engenharia. Um exemplo é o programa ERASMUS (http://ec.europa.eu/education/lifelong-learning-programme/doc80_en.htm).

Como é que funcionam as unidades curriculares (UC) optativas em EEE?

O curso de LEEE tem 3 unidades curriculares (UC) optativas. Para essas 3 opções existem várias unidades curriculares que os alunos pode escolher, definindo o seu perfil. Por exemplo, dependendo do ano lectivo, as escolhas podem ser: Domótica, Mecatrónica, Introdução aos Sistemas Operativos, Automatos Programáveis,  Electrónica Digital, Infra-estruturas de Telecomunicações,  Redes de Acesso, Energias Renováveis, Projecto de EE, etc. Além disso,  os alunos podem fazer UC do outro ramo, isto é, se forem de TIT podem fazer de UC de SEC e vice-versa. Por último, pode ainda fazer as UC optativas noutro departamento ou faculdade da UAlg, ou mesmo noutra universidade, desde que satisfaça os critério: ECTS e área científica (sujeito a aprovação pela direcção de curso).

 

LICENCIATURA EM TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Quais as condições de acesso à Licenciatura em Tecnologias de Informação e Comunicação (LTIC)?

Podem candidatar-se à Licenciatura Tecnologias de Informação e Comunicação (LTIC) através:

(a) PROVAS ESPECÍFICAS: As condições de acesso requerem a realização das provas específicas: “(16) Matemática” ou “(16) Matemática e (04) Economia” ou “(16) Matemática e (18) Português”. A Nota de candidatura: Nota de candidatura: 0,35 x [média das provas de ingresso] + 0,65 x [classificação final do ensino secundário] (com: nota mínima nas provas de ingresso: 95    Nota mínima de candidatura: 95)

Além do acesso via 12º ano ou equivalente (provas específicas),  a candidatura à Licenciatura em Tecnologias da Informação e Comunicação pode ser feita dos seguintes modos: (b) detentores de CET e Maiores de 23. Vagas para alunos que terminam os Curso de Especialização Tecnológica (CET) do Departamento de Engenharia Eletrotécnica (DEE) ou outro. (c) Acesso para “Maiores de 23” através de realização das provas especialmente adequadas, destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos (mais informações: na UAlg e no MCTES).

Como é que funcionam as unidades curriculares (UC) optativas em LTIC?

O curso de LTIC tem a partir do 2º ano existem disciplinas opcionais que permitem procurar outras/novas competências na área científica do curso ou noutras outras áreas científicas existentes dentro da UALG. Nomeadamente: 

Opção I (2º Ano, 1º Semestre): Computação Inteligente - 5 ECTS ou outra(s) disciplina(s) de qualquer área dentro da UALG ou em programas ERAMUS- 5 ECTS. 

Opção II (2º Ano, 2º Semestre): Sistemas de Comunicação - 5 ECTS ou outra(s) disciplina(s) de qualquer área dentro da UALG ou em programas ERAMUS - 5 ECTS. 

Opção III (3º Ano, 1º Semestre): Computação Visual - 5 ECTS ou outra(s) disciplina(s) de qualquer área dentro da UALG ou em programas ERAMUS- 5 ECTS. 

Opção IV (3º Ano, 2º Semestre): Estágio - 15 ECTS ou Projeto - 15 ECTS ou outras disciplinas de qualquer área dentro da UALG ou em programas ERAMUS- 15 ECTS.

 

MESTRADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA E ELETRÓNICA

Quem é que pode candidatar-se ao Mestrado em Engenharia Elétrica e Eletrónica?

Podem candidatar-se ao Mestrado em Engenharia Eléctrica e Electrónica:

1. Licenciados em Engenharia Eléctrica e Electrónica;

2. Licenciados em Engenharia Electrotécnica, Tecnologias de Informação e Comunicação, Informática e afins;

3. Poderão também candidatar-se os detentores do curso de Bacharelato em Engenharia Eléctrica e Electrónica e afins. A aceitação destas candidaturas, analisadas caso a caso, dependerá de deliberação do Conselho Técnico-Científico do ISE.

 

CETs DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELETROTÉCNICA

O que é um “CET”?

Os Cursos de Especialização Tecnológica (CET) são formações pós-secundárias não superiores que visam conferir qualificação profissional de nível 5. São cursos que combinam uma formação geral e científica e uma forte formação tecnológica, aplicada em contexto de trabalho (estágio).

A quem se destinam os CETs?

• Aos titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;

• A quem, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10º e 11º anos e tendo estado inscrito no 12º ano, não o tenha concluído (Os alunos que não concluíram o 12º ano, bem como os titulares de uma qualificação profissional de nível 3, que não sejam titulares de um curso de ensino secundário, terão ainda que frequentar um plano de formação complementar);

• Aos titulares de uma qualificação profissional de nível 3;

• Aos indivíduos com idade igual ou superior a 23 anos, aos quais, com base na experiência, se reconheça capacidades e competências que os qualifiquem para o ingresso no CET em causa.

Depois de concluir o CET posso ingressar numa Licenciatura?

Sim. Todos os anos, nas admissões às Licenciaturas são reservadas vagas para alunos que entre outras condições concluíram os CETs. No caso concreto do Departamento de Engenharia Eletrotécnica (DEE) os alunos que concluem os CETs do DEE, para além de poderem ingressar nas Licenciaturas oferecidas pelo departamento, obtêm também algumas equivalências a disciplinas. Vários alunos que concluíram os CETs do DEE ingressaram posteriormente em cursos superiores da Universidade do Algarve e de outras Universidades no país.