O Instituto Superior de Engenharia integra o projeto ibérico sobre Armazenamento e gestão de Energia renovável em aplicações comerciais e residenciais – AGERAR

O Instituto Superior de Engenharia integra o projeto ibérico sobre Armazenamento e gestão de Energia renovável em aplicações comerciais e residenciais – AGERAR

Vários docentes do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve participam no projeto AGERAR (Armazenamento e Gestão de Energia Renovável em Aplicações comerciais e Residenciais), enquadrado no Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha – Portugal (POCTEP), do INTERREG 2014-2020. Este projeto tem como objetivo geral promover critérios de eficiência energética e de sustentabilidade em microredes comerciais e residenciais, aumentando o uso e melhorando a gestão das energias renováveis ​​graças aos sistemas de armazenamento de energia e ao uso de tecnologias de informação e comunicação.

 

Mais especificamente, o projeto AGERAR associa Universidades, Centros Tecnológicos e Agências Regionais para desenvolver e avaliar soluções técnicas para promover critérios de eficiência energética e sustentabilidade em micro-redes comerciais e residenciais. Este objetivo geral será alcançado através da partilha de conhecimentos e instalações experimentais com as quais os parceiros do projeto contam, especificando ações específicas de I&D que serão desenvolvidas durante o mesmo.

 

A demonstração dessas soluções fornecerá informações confiáveis ​​aos órgãos regionais responsáveis ​​pelas políticas energéticas para o desenvolvimento de estratégias e planos de ação relacionados à eficiência energética, construção sustentável, energias renováveis ​​e armazenamento de energia. Por essa via, o projeto AGERAR potenciará as políticas públicas e programas de desenvolvimento regional, em particular, programas de investimento para o crescimento e o emprego e, quando apropriado, programas relevantes de cooperação territorial que abordem a transição para uma economia baixa em carbono.

 

Os relatórios serão preparados sobre recursos tecnológicos em aplicações comerciais e residenciais, recomendações de uso e melhores tecnologias disponíveis para a definição pelas autoridades públicas de políticas regionais, estratégias e planos de ação relacionados à eficiência energética, construção sustentável, armazenamento de energia e energias renováveis, ferramentas de design e avaliação, etc.

 

O projeto AGERAR tem um orçamento de € 1.058.795,90 (75% é co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do seu instrumento financeiro de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) da Interreg 2014-2020) e tem uma duração de 29 meses, iniciada em 4 de maio de 2017 e terminando em 30 de setembro de 2019.

 

Para obter mais informações, pode contactar o responsável interno do projeto Prof. Jânio Monteiro (jmmontei@ualg.pt).