Apresentação

Ao longo dos tempos a Engenharia Mecânica esteve relacionada com a concepção, o dimensionamento, a produção e a manutenção dos mais variados equipamentos. A sua evolução e a evolução da sociedade estão directamente relacionadas.
O aparecimento e a divulgação da utilização das máquinas na indústria, nos transportes, terrestres, aéreos e marítimos, a construção dos equipamentos das centrais de produção de energia eléctrica, o armazenamento e a distribuição de combustíveis líquidos e gasosos, a construção de equipamentos de elevação, a construção de automóveis são actividades que o senso comum associa ao âmbito da Engenharia Mecânica.

Mais recentemente, as transformações, a acumulação e o transporte de energia começaram a ser temas de grande importância nos cursos de Engenharia Mecânica, tal a importância da energia na sociedade das décadas finais deste século.
Ainda da mesma época e de um tempo menos distante, são os aspectos relacionados com as transformações de energia e o seu relacionamento com o ambiente, bem como a utilização das energias renováveis, assuntos de que a Engenharia Mecânica também se passou a ocupar.

Em simultâneo com as evoluções científico-tecnologicos também as técnicas de gestão se forem adequando aos novos tempos e, por isso, hoje em dia constituem preocupação do Engenheiro Mecânico.

O curso de Engenharia Mecânica do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve, leccionado em dois ciclos, conferindo os graus de licenciado e de mestre, tem como objectivo formar indivíduos tecnicamente capazes, com elevada capacidade de inserção social.

Para tal reúne um conjunto de disciplinas direccionadas para as vertentes mais actuais (energia e ambiente no ramo de Térmica e gestão/manutenção para o ramo de Gestão e Manutenção Industrial) com outro das disciplinas “clássicas” da Engenharia Mecânica, não esquecendo a formação inicial nas ciências básicas da Engenharia e nas ciências sociais.